Reabertura gradual da ADUFPI acontece nesta segunda-feira 24/08/2020 com horários especiais

A ADUFPI irá operar nessa fase gradual de reabertura por meio de horários alternativos e agendamentos.

Desde que o decreto de suspensão do calendário acadêmico foi anunciado pela reitoria da UFPI, a Associação de Docentes da Universidade Federal do Piauí (ADUFPI), para manter a segurança de seus associados/as, funcionários/as e de toda comunidade externa adotou as medidas restritivas recomendadas pelos protocolos de saúde com intuito evitar a propagação do novo coronavírus e prevenir contaminações, reduzindo assim suas atividades funcionando apenas com sua parte administrativa e de maneira remota.

A ADUFPI retoma suas atividades nesta segunda-feira, dia 24/08/20, de maneira gradual e com horários específicos de funcionamento, seguindo rigidamente um protocolo de reabertura formulado para garantir a segurança de seus servidores, associados/as, parceiros/as e frequentadores. A sede abrirá às 9h e fechará pontualmente às 18h.

As medidas adotadas para o cumprimento dos protocolos vão desde a aquisição de testes rápidos de COVID-19 para testagem do quadro de funcionários que estiverem retornando, realização de cursos de formação com os trabalhadores e trabalhadoras da sede visando a adequação da nova rotina de funcionamento.

O novo método operacional prevê o estabelecimento de parceria com o departamento de enfermagem da UFPI e com profissionais de saúde para o acompanhamento cotidiano da rotina administrativa da ADUFPI.

As modificações nas estruturas físicas, tanto na sede social quanto na administrativa contam com sinalização e fixação de material informativo em locais estratégicos distribuídos por toda a associação, viabilizando contemplar todas as formas de comunicação para o atendimento das medidas de proteção.

Haverá também totens com dispensadores de álcool em gel, máscaras, protetores faciais, materiais de limpeza específicos,  EPIs adaptados, kits de primeiros socorros, oxímetro digital e tapetes sanitizantes.

Haverá controle diário da quantidade de pessoas que frequentam as dependências da ADUFPI e medição de temperatura para a detecção de sintomas e casos suspeitos que mereçam atenção. Porém mesmo tomando todas as medidas protetivas, é fundamental a conscientização de autocuidado e cuidado coletivo.

Os protocolos sugeridos foram organizados a partir de diversos decretos, cartilhas e documentos gerais que visam a adaptação da rotina de funcionamento dos clubes, sedes sociais e serviços específicos. Tais sugestões podem ser adaptadas pelos parceiros (com acréscimos e/ou modificações), sempre de acordo com as peculiaridades de funcionamento da Sede Social e Administrativa. Tais mudanças precisam ser previamente negociadas e aceitas pela Diretoria da ADUFPI.

Entenda como funcionará o cotidiano na Sede Social e Administrativa.

Além das modificações citadas, há outros pontos que deverão ser atendidos mediante vigência do protocolo de segurança adotado pela ADUFPI, como por exemplo, uma única entrada e uma única para maior controle do fluxo de pessoas, higienização das mãos e calçados nos espaços de permanência e de grande trânsito.

Controle constante do uso obrigatório de máscaras e cumprimento rigoroso do distanciamento mínimo de 1,5 metros de distância entre os frequentadores.

Os bebedouros, banheiros e espaços de uso cotidiano passarão por adequação e fica restrito o compartilhamento de itens pessoais como copos e talheres. Há também a adaptação nos dias e horários de funcionamento de práticas desportivas e demais atividades, com o intuito de evitar aglomerações.

A rotina do quadro de funcionários e colaboradores também sofrerá alteração todos passarão por testagem e será criada uma escala programada por setor da ADUFPI, com acompanhamento cotidiano da saúde dos funcionários e colaboradores. Aos colaboradores é obrigatória a apresentação de exame com resultado negativo para Covid-19, de todo seu quadro de funcionários, antes do reinício das atividades, e que adeque ao protocolo de segurança organizado pela ADUFPI.

As escalas de trabalhos presenciais e home office foram organizadas para evitar aglomerações e garantir as adaptações na rotina administrativa da ADUFPI. Essas adequações visam atender às pessoas que fazem parte dos grupos de risco, com a tentativa de disponibilizar os meios necessários para a construção de uma rotina administrativa, quando a função exercida assim permitir.

Calendário de retomada gradual de atividades

A ADUFPI irá operar nessa fase gradual de reabertura por meio de horários alternativos e agendamentos, com a intenção de diminuir ao máximo o atendimento presencial de associados e associadas dando preferência para atendimentos agendados ou por meios virtuais, de tal forma que a frequência ou permanência de pessoas na ADUFPI seja menor do que a média da rotina normal.  A ADUFPI irá estabelecer horários de funcionamento diferenciados, visando horários alternados de abertura e fechamento da sede, quando possível, e que não coincida com os horários de pico do transporte público. A reabertura acontecerá em 3 fases, a saber:

1ª Fase de abertura: 24 de agosto de 2020

  • Sede administrativa com horário de funcionamento das 09 às 12h e de 14 às 17h.
  • Clinica Flor da Pele – Saúde e Estética

           Agendamento: (86) 98150-5758/ 99422-1064

  • Fisio Fit Clínica de Pilates

           Agendamento: 998006163

  • Sinapse – Físio

           Agendamento:  932310309.

Obs.: Os serviços da clínica de fisioterapia mediante agendamento prévio direto com os/as responsáveis. O horário de funcionamento ocorrerá de 08:00 às 12h/14 às 16h. 

PROTOCOLO BÁSICO DE ACESSO AOS SERVIÇOS NA PRIMEIRA FASE DE REABERTURA

  • Uso de máscaras – obrigatório durante todo o período de atendimento e permanência na ADUFPI. Higienização das mãos antes e depois de todos os atendimentos, acompanhamento da higienização dos calçados, mãos e uso de máscaras de todos os que adentrarem a Sede Administrativa.
  • Evitar atividades que envolvam aglomeração de muitas pessoas em um mesmo local de sala de trabalho. Observar o distanciamento mínimo entre pessoas de 1,5 metros, reorganizando o ambiente de trabalho para atendimento desse distanciamento e, se necessário, demarcar áreas reservadas à circulação de pessoas para evitar aglomerações.
  • Agendar as visitas e os acessos dos frequentadores. Estimular a prática do home office e optar pela realização de trabalho à distância sempre que possível.
  • Disponibilizar álcool em gel nas entradas e saídas dos ambientes de trabalho, nos ambientes compartilhados, nas salas de reuniões e em áreas comuns para uso dos funcionários e frequentadores.
  • Garantir que os lavatórios e banheiros estejam equipados com água, sabão e toalhas descartáveis, além de lixeiras com acionamento não manual.
  • Providenciar, sempre que possível, a abertura de janelas e portas para privilegiar a ventilação natural.
  • Limpeza cotidiana dos corrimãos, maçanetas, puxadores, bebedouros e outras superfícies de uso coletivo (balcões das recepções, mesas de trabalho etc.). Limpeza periódica dos sistemas de ar-condicionado/ventilação/climatização.
  • Realizar a higienização diária dos espaços de trabalho, incluindo telefones e computadores. Higienizar os ambientes de reunião após cada utilização.
  • Evitar o compartilhamento de equipamentos e utensílios. Retirar das áreas comuns itens que podem ser compartilhados, tais como revistas, jornais, catálogos, livros, controles remotos, etc.
  • Caso seja verificada uma temperatura superior a 37.8°C, não será autorizada a entrada da pessoa para realização de nenhuma atividade.
  • Se algum colaborador apresentar febre alta junto com algum outro sintoma de COVID-19, informar imediatamente ao responsável pela atividade.
  • Deverão ser evitadas aglomerações em vestiários, ambientes fechados e nos demais locais destinados a práticas de atividades, tais como campo, quadra, academia e outros espaços.
  • Deve-se monitorar previamente os atletas/alunos e membros das comissões técnicas quanto a eventuais sintomas associados à covid-19, orientando aqueles e aquelas que porventura apresente sintomas, para que não compareçam aos locais de treinos, e observar se há eventual progressão de sintomas para que procurem unidades básicas de saúde para diagnóstico preciso. Quando necessário, realizar o teste em jogadores/alunos e demais atletas e membros das comissões técnicas.

2ª fase – 31 de agosto de 2020

  • Pista de atletismo
  • Natação
  • Hidroginástica
  • Badminton

3ª fase – 08 de setembro de 2020*

  • Judô
  • Capoeira
  • Aulas de dança
  • Futebol de campo e society – Adulto e Infantil
  • Academia
  • Futebol de quadra – Adulto e Infantil
  • Vôlei de quadra e de areia
  • Basquetebol
  • Bar da ADUFPI

 Quanto aos espaços para aluguel de festas, assim como a realização de eventos estarão suspensos até deliberação da Diretoria e só ocorrerá mediante autorização prévia das autoridades competentes em conjunto com protocolos sanitários estabelecidos para garantir a segurança dos frequentadores a associação.

Para todas as atividades e serviços elencados na reabertura das fases existem protocolos específicos que devem ser seguidos à risca para garantir a funcionalidade de maneira eficaz, segura e de acordo com as medidas sanitárias adotadas pelos protocolos.

As sugestões de horários de funcionamento visam readequar a rotina dos frequentadores da Sede Social e Administrativa, evitando assim maiores aglomerações nos horários de pico.

 Atenção: A reabertura dos serviços discriminados na terceira fase só será possível dependendo da avaliação das fases anteriores. Se houver um aumento de casos na capital, ou sejam detectados um aumento de casos na sede em decorrência das atividades retomadas, a ADUFPI não hesitará em retroceder para as fases anteriores visando garantir a segurança e proteção de todos.

Os casos omissos e não tratados por esse protocolo, bem como a decisão final sobre os prazos e procedimentos de abertura, serão decididos em reunião de Diretoria.