Nota de repúdio - Governo Bolsonaro corta bolsas de pesquisadores brasileiros na crise do COVID -19

O Governo Bolsonaro publicou a Portaria 34 que corta 50% das Bolsas da Pós-graduação e deixa pesquisadores sem recursos para continuar o desenvolvimento de suas pesquisas.

O Governo Bolsonaro publicou a Portaria 34 que corta 50% das Bolsas da Pós-graduação e deixa pesquisadores sem recursos para continuar o desenvolvimento de suas pesquisas.  Enquanto o resto do mundo anuncia investimentos em pesquisas nas universidades, o governo continua o ataque não apenas à ciência, mas a toda população que sofrerá com a Pandemia.

É um ato irresponsável contra a ciência, contra a universidade e contra o povo brasileiro.  Nesse momento de pandemia, a ciência é um instrumento inquestionável para enfrentamento do Coronavírus.

A ADUFPI repudia este ato do governo e, se solidariza também, nesse momento de incertezas econômicas, às famílias pobres de nosso país que tiveram um corte de 61% do bolsa família no Nordeste. Exatamente quando as famílias pobres precisam garantir as condições de higiene, como acesso à água, sabão e alimentação básica, acesso ao produto do conhecimento e pesquisa científica, o governo do desmonte mais uma vez toma medidas que sufocam a comunidade acadêmica e a comunidade em geral!

Estamos diante de um governo desumano e irresponsável que não reconhece a ciência, que nega os direitos dos pesquisadores, que sucateia a universidade e que abandona o povo. Bolsonaro mostra que não tem mais condições de estar à frente da presidência. A ADUFPI repudia os cortes das bolsas da Pós-graduação e do bolsa família e condena as tentativas de exclusão que o governo quer impor ao Nordeste!

ADUFPI convoca todos e todas para fazermos nossa manifestação de repúdio ao governo com um grande panelaço de nossa janela no dia do aniversário do presidente!

#ForaBolsonaroUrgente

#NordesteNaLutaContraCoronovirus

#NordesteContraBolsonaro

#AdufpiNaLuta