Cobertura midiática da política brasileira é posta em debate no Campus de Picos

Junho 9, 2016, 11:24 a.m.

Por muitas vezes a grande mídia é tratada como o “quarto poder”, devido a sua influencia no agendamento da sociedade. Ou seja, nos assuntos que serão debatidos no cotidiano. Essa influência já ajudou a derrubar e manter governos ditadores no mundo, ao longo da história. Face a isso e aos rumos políticos que o Brasil vem tomando, a ADUFPI promoveu na última terça-feira (7) em Picos, a palestra “A mídia na produção do acontecimento político”, ministrada pela Profª. Drª. Nilsangela Cardoso.

 

 

A professora expôs em sua palestra como a mídia pode construir e desconstruir o fato político na produção do seu discurso e influenciar na opinião pública, além de destacar a importância da internet no atual contexto político brasileiro, via redes sociais e blogs, como um contraponto no discurso propagado pela grande imprensa.

 

“Eu vejo hoje que o blog é um espaço importante. Que em relação à grande mídia é mais democrático, mas ainda com todos os cuidados. Porque o tempo todo, ainda somos cerceados pelo que falamos. Um jornalista de grande representatividade, por exemplo, a própria Mariana Godoy diz: “olha, trabalhar na Rede Globo é bom porque ela te dá visibilidade, ela te dá capital simbólico.”. Mas, ao mesmo tempo você tem ali um trabalho restrito. Então você procura ali nos espaços existentes, subterfúgios. E dentre esses, a internet eu vejo como um dos grandes subterfúgios.”, afirma a professora Nilsangela.

 

Ainda segundo a professora de História, com o acesso mais fácil à internet, as pessoas acabam tornando-se jornalistas de si e contribuindo para essa quebra de protocolos impostos pela grande mídia, mas ainda se faz necessário uma maior abertura.

 

“É preciso que haja a regulamentação da mídia, justamente para uma abertura, para outros sujeitos se pronunciarem. Aí eu vejo as rádios comunitárias como um ponto importante. Na verdade, em termos de regulamentação isso não se faz porque ela (grande mídia) quer ter um controle daquilo que é dito. Então, se a grande mídia é a única que possibilita a veiculação dessas informações, quanto menos, maior o controle daquilo que se é dito e publicado.”, explica.

 

Na oportunidade, também foi realizada em paralelo uma discussão sobre a usurpação dos direitos sociais e o governo ilegítimo e golpista de Michel Temer. As palestras fazem parte de uma série de atividades que serão realizadas ainda este mês na Universidade Federal em Picos, pela Associação dos Docentes da Universidade Federal do Piauí (ADUFPI) em parceria com discentes, docentes e técnicos administrativos do Campus.

Comente agora

Busca Adufpi

Eleições Adufpi 2018

Sistema Adufpi

Contatos Adufpi

Último Informativo

Ações 2016-2018

Adufpi Facebook

Links Úteis