REITOR TRANSFORMA A UFPI EM PALANQUE

Out. 30, 2009, 12:59 p.m.

 

 REITOR LUIZ JUNIOR TRANSFORMA A UFPI EM PALANQUE ELEITORAL DE HUGO NAPOLEÃO

 

A comunidade universitária ficou estarrecida com a notícia de que a UFPI, por meio do seu Conselho Universitário, aprovou a concessão do título de “Doutor Honoris Causa” ao Sr. Hugo Napoleão do Rego Neto. Diga-se que a concessão desse título foi proposta pelo Sr. João Messias, técnico-administrativo da UFPI, atualmente ocupando cargo comissionado de livre nomeação do reitor, ex-prefeito de Batalha-PI e também correligionário, cabo eleitoral e amigo pessoal de Hugo Napoleão. A proposta foi ardorosamente defendida pelo reitor Luiz Júnior, ao ponto de causar constrangimento ao Conselho Universitário. Fica evidente que o critério utilizado pelo reitor Luiz Junior, para conceder tal honraria foi exclusivamente político, visto que, o homenageado não teve seu tempo marcado por atividades científicas e acadêmicas desenvolvidas na UFPI ou fora desta. O Sr. Hugo Napoleão dedicou a sua vida à atividade político-partidária, tendo nesta condição, cumprido a obrigação de viabilizar para a UFPI recursos, em sua maioria, já constitucionalmente garantidos. Além do mais, se o critério foi exclusivamente político, temos na nossa história personalidades do mundo político que, efetivamente, muito mais contribuíram com a UFPI e nunca foram lembradas para tal honraria. Para ilustrar, podemos destacar o ex-ministro Reis Veloso, bem como, o ex-governador Alberto Silva.

Ressalta-se que, ao longo de sua história, a UFPI tem contado com a presença, no seu quadro de docentes, de personalidades dotadas de grande capacidade intelectual e acadêmica que contribuem de forma singular para o seu engrandecimento, bem como para o desenvolvimento do estado do Piauí, e, mesmo assim, nunca foram lembrados para receber tal honraria.

A comunidade universitária diante de mais esta atitude personalista do reitor Luiz Júnior, lamenta, profundamente, que a UFPI, pressionada e instrumentalizada pelo seu gestor maior, se coloque a serviço de alguém que apenas deseja reconstruir o seu caminho de volta ao poder político, porquanto, o homenageado é postulante a uma cadeira no Congresso Nacional. É vergonhosa a postura do reitor Luiz Júnior ao transformar a UFPI, que não é dele, em palanque eleitoral a serviço do senhor Hugo Napoleão, que também aproveita o ensejo para no dia seguinte promover grande festa, certamente com a presença do seu grande neo-amigo Luiz Júnior, alusiva ao seu aniversário, ocasião em que deverá contar com a presença de todos os seus cabos eleitorais. Fica, então, evidente que estes acontecimentos servirão de marco inicial da campanha eleitoral do Sr. Hugo Napoleão.

Como costuma afirmar o reitor Luiz Júnior, “nunca na história da UFPI”, esta Universidade foi transformada em palanque político-eleitoral como acontece agora de forma insofismável, o que caracteriza mais um absurdo da sua gestão.

Diante destes fatos, indiscutivelmente graves, com indícios fortes de antecipação de campanha eleitoral/crime eleitoral, temos a esperança e a firme convicção de que o Ministério Público Federal haverá de adotar as providências cabíveis.

 

A Diretoria.

 

 

Comente agora

Busca Adufpi

Eleições Adufpi 2018

Sistema Adufpi

Contatos Adufpi

Último Informativo

Ações 2016-2018

Adufpi Facebook

Links Úteis