MOÇÃO DE REPÚDIO

Julho 11, 2017, 9:11 a.m.

A Associação Brasileira de Pesquisadores(as) Negros(as) – ABPN, que congrega pesquisadores negros/negras de todo país e o Consórcio dos Núcleos de Estudos Afro-Brasileiros – CONNEAB’s, atualmente com mais de 150 NEAB’s repudia  o lançamento do edital 17/2017, aditivo III que corta a garantia de auxílios para estudantes estrangeiros da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira UNILAB.

 

A saber: No dia 05 de julho de 2017 a Pró-Reitoria de Graduação lançou um aditivo ao edital de seleção de alunos estrangeiros, sem qualquer tipo de consulta pública aos órgãos colegiados desta universidade, extinguindo os auxílios estudantis que garantem a permanência destes estudantes na instituição. Justificado com base na escassez de recursos, o impacto imediato desta medida será a redução do ingresso de alunos estrangeiros na universidade, bem como a interrupção no processo de divulgação da instituição nos países parceiros da UNILAB.

 

Desta forma nos dirigimos a Reitoria da UNILAB:

 

Ao Magnífico Reitor da UNILAB

 

Anastácio de Queiroz Sousa

 

 

Há poucos dias nós da Associação Brasileira de Pesquisadoras(es) Negras(os) fomos informados acerca de uma decisão institucional da Reitoria da UNILAB suspendendo a concessão de bolsas para candidatos que ingressarem na instituição a partir do próximo processo seletivo.

 

Conhecedores que somos do projeto original da UNILAB cuja internacionalização cooperativa com a Comunidade de Países de Língua Portuguesa – CPLP destaca-se como sua principal característica intrínseca, não nos foi difícil concluir que a referida decisão significa, no curtíssimo prazo, uma desfiguração radical do projeto UNILAB na sua totalidade comprometendo, sobretudo, o ingresso de novos estudantes africanos e timorenses nos cursos oferecidos pela instituição interrompendo abruptamente uma das formas mais eficazes, diretas e democráticas de garantia de permanência e sucesso nos respectivos cursos por eles escolhidos, qual seja a concessão de bolsas de estudos.

 

Não obstante a gravidade interna desta intempestiva decisão, os seus decorrentes desdobramentos acadêmicos, sociais e relacionais repercutirão negativamente na eficácia dos esforços e ações estratégicas que instituições, organizações, pesquisadores e professores, inspirados no projeto UNILAB, vem desenvolvendo, ao longo dos últimos anos no sentido de estreitar relações científicas, educacionais e culturais com nações cuja língua e, sobretudo, a história, impõem um compromisso indeclinável de aproximação parceira. Privar jovens estudantes africanos e timorenses de condições otimizadas de formação superior de qualidade  configura-se como um retrocesso inadmissível, por ser injustificável, diante da magnitude ética e política do referido compromisso.

 

Reconhecemos a gravidade da crise orçamentária e financeira pela qual passa as universidades públicas brasileiras, principalmente depois do golpe disfarçado de impeachment que se instaurou no Brasil a partir do ano de 2016, provocando cortes drásticos nas políticas sociais desenvolvidas nos últimos 13 anos, dentre elas, aquelas voltadas para o ensino superior público. Espera-se que a reitoria de uma universidade com a especificidade da Unilab adote medidas coletivas e democráticas junto ao Conselho Universitário e comunidade acadêmica para encontrar soluções para o grave problema orçamentário da garantia da assistência estudantil aos estudantes estrangeiros. Dentre elas, citamos a cobrança para que o atual  Ministério da Educação cumpra com o compromisso já assumido  internacionalmente junto aos países parceiros da Unilab, acolhendo dignamente os estudantes estrangeiros e disponibilizando ajuda orçamentária específica para essa universidade, compreendendo-a como uma política de ação afirmativa, de internacionalização e interiorização. Não podemos admitir que na reestruturação orçamentária da instituição, se penalize justamente o elo mais vulnerável da comunidade universitária, qual seja, os estudantes oriundos de outros países.

 

Diante deste quadro a Associação Brasileira de Pesquisadores Negros – ABPN reivindica da Reitoria da UNILAB a imediata revogação da decisão de suspensão das bolsas apelando aos seus gestores para que dêem a esta instituição, em especial, aos seus estudantes, uma importância à altura do que ela significa no curso desses 500 anos de história comum que une os povos que a representam.

 

Goiânia, 10 de julho de 2017.

 

 

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PESQUISADOR@S NEGR@S – ABPN

 

CONSÓRCIO DE NACIONAL DE  NÚCLEOS DE ESTUDOS AFRO-BRASILEIROS:

 

 

NEGRA - Núcleo de Estudos sobre Educação, Gênero, Raça e Alteridade – Universidade Estadual de Minas Gerais/UEMG

 

NEAB - Núcleo de Estudos Afro-brasileiros UFGD - Universidade Federal da Grande Dourados/UFGD

 

NEADI - Núcleo de Estudos Afrodescendente e Indígena UFG – Universidade Federal de Goiás/UFG

 

NEABI - Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano/IFGoiano

 

CEPEGRE - Centro de Estudos, Pesquisa e Extensão em Educação, Gênero, Raça e Etnia - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul/UEMS

 

NUMDI - Núcleo de Estudos Afro-brasileiros, Indígena e de Fronteira Maria Dimpina Lobo Duart - Instituto Federal do Mato Grosso/IFMT

 

NEAB - Núcleo de Estudos Afro-brasileiros UNB – Universidade de Brasília/UNB

 

Centro de Estudos em Desigualdade e Discriminação – FD/UnB - Universidade de Brasília/UNB

 

GEPPHERG - Grupo de Estudos e Pesquisas em Políticas Públicas, História, Educação das Relações Raciais e Gênero - Universidade de Brasília/UNB

 

CEAM - Centro de Estudos Avançados mudisciplinares Unb - Universidade de Brasília/UNB

 

PROAFRO - Núcleo de Estudos Africanos e Afro-brasileiros do Programa de Estudos Africanos e Afro-brasileiros – Pontifícia Universidade Católica/PUC/GO

 

NEAAD - Núcleo de Estudos Africanos e Afro-Diaspóricos – Universidade Estadual de Goiás/UEG

 

 

NEGRA - Núcleo de Estudos de Gênero, Raça e Africanidades - Instituto Federal de Goiás/IFG

 

Núcleo de estudos e pesquisas sobre relações racias e educação – Universidade Federal de Mato Grosso/UFMT

 

LaGENTE - Laboratório de estudos de gênero étnico-raciais e especialidades - Universidade Federal de Goiás/UFG

 

CIATA - Laboratório de pesquisas em educação química e inclusão LPEQI - Universidade Federal de Goiás/UFG

 

NEABÍ-NUANCES - Núcleo de Estudos Afro Brasileiro e Indígena e de relações de Gênero e Sexualidades - Instituto Federal de Goiás – Campus Cidade de Goiás/IFG

 

NEABI - Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas IFGoiano - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano/IFGoiano

 

NEABI - Núcleo de Estudos e Pesquisas Afro-brasileiros e Indígenas UFPB - Universidade Federal da Paraíba/UFPB

 

NEAB - Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros UFAL – Universidade Federal de Alagoas/UFAL

 

NEABI - Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indiodescendentes - Instituto Federal do Maranhão/IFMA

 

NEAB - Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros UFMA - Universidade Federal do Maranhão/UFMA

 

NEAB - Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros UFSB - Universidade Federal do Sul da Bahia/UFSB

 

CEPAIA - Centro de Estudos dos Povos Afro-Indio-Americano - Universidade do Estado da Bahia/UNEB

 

IFARADÁ - Núcleo de Pesquisa sobre Africanidades e Afrodescendencia - Universidade Federal do Piauí - Campus Universitário Ministro Petrônio Portella/UFPI

 

NEAB - Núcleo de Estudos Afro-brasileiros UFPE - Universidade Federal de Pernambuco - Campus Recife/UFPE

 

NEAI - Núcleo de Estudos Afro-Indígena UEMA - Universidade Estadual do Maranhão/UEMA

 

NEAB - Núcleo de Estudos Afro-brasileiros UFRPE - Universidade Federal Rural de Pernambuco/UFRPE

 

NACE - Núcleo das Africanidades Cearenses - Universidade Federal do Ceará/UFC

 

 

ODEERE - Órgão de Educação das Relações Étnicas - Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia/UESB

 

NEABI - Núcleo de Estudos Afro Brasileiro e Indígenas – Universidade Estadual da Paraíba – Guarabira/UEPB

 

Coletivo Angela Davis - Grupo de Pesquisa em Gênero, Raça e Subalternidade - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - Campus Cachoeira/UFRB

 

NEAB - Núcleo de Estudos Afro-brasileiros UNILAB - Universidade de Integração Internacional da Lusofonia Afrobrasileira - UNILAB  Campus de Liberdade

 

NUAFRO - Laboratório de Estudos e Pesquisas em Afrobrasilidades, Gênero e Família - Universidade Estadual do Ceará/UECE

 

NEABI - Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas UFS - Universidade Federal De Sergipe/UFS

 

N'UMBUNTU - Núcleo de Estudos, Pesquisa e Extensão em Relações Étnico-Raciais, Movimentos Sociais e Educação/UNIFESSPA

 

NEABI - Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas do IFRO - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia/IFRO

 

GERA - Núcleo de Estudos e pesquisas sobre Formação de Professores e Relações Étnico-Raciais - Universidade Federal do Pará – UFPA

 

NEABI - Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas IFAC – Instituto Federal do Acre/IFAC

 

NEAB/UNIFAP - Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros - Universidade Federal do Amapá/UNIFAP

 

NEAB - Núcleo de Estudos Afro-brasileiros IFPA - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará, Campus Belém/IFPA

 

NEAB - Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros UFT - Universidade Federal do Tocantins/UFT

 

NEABI - Núcleo de Estudos e Pesquisas Afrobrasileiras e Indígenas UFAM - Universidade Federal do Amazonas – Instituto de Educação, Agricultura e Ambiente – Campus Vale do Rio Madeira/UFAM

 

NEAB - Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros UEA - Universidade do Estado do Amazonas/UEA

 

NEABI - Núcleo de Estudos Afrobrasileiros e Indígenas IFRR - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima – IFRR/Campus Boa Vista

 

 

GEABI -  Grupo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas UFPA – Universidade Federal do Pará/UFPA

 

Instituto Ganga Zumba -  Cachoeirinha - Manaus

 

GEAM - Grupo de Estudos Afroamazonico – Universidade Federal do Pará -  Campus de Belém/UFP

 

Núcleo de Estudos Afro-brasileiros ONDJANGO (antigo GEABE - Grupo de Estudos Afro-Brasileiros e Educação) – FATEC Fundação de Apoio à Escola Técnica do Estado do Rio de Janeiro - FAETEC/Escola Técnica João Luiz do Nascimento

 

Núcleo de Mulheres Negras do ES – Espítito Santo/ES

 

NEABCP2 - Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros do Colégio Pedro II -  Colégio Pedro II/RJ

 

NEAB/UFJF - Núcleo de Estudos Afro-brasileiros da Universidade Federal de Juiz de Fora - Universidade Federal de Juiz de Fora/UFJF

 

SINDSCOPE - Sindicato dos Servidores do Colégio Pedro II GT NEGOS E NEGRAS - Rio de Janeiro/RJ

 

NEABI - Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas UFOP - Universidade Federal de Ouro Preto/UFOP

 

LEAFRO - Laboratório de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas - Universidade Federal do Rio de Janeiro/UFRJ

 

NEAB - Núcleo de Estudos Afro-brasileiros – Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca/CEFET-RJ

 

NEIAB - Núcleo de Estudos Indígena e Afro-brasileiro - Universidade de Ribeirão Preto/UNAERP/Campus Ribeirão Preto

 

NAFRICAB - Núcleo de Estudos e Pesquisas Africanidades e Brasilidades - Universidade Federal do Espirito Santo/UFES

 

NEAB - Núcleo de Estudos Afro-brasileiros - Universidade Federal de Uberlândia/UFU

 

NEABI - Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas UENF - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro/UENF

 

NEAB - Núcleo de Estudos Afro-brasileiros UNIFESP - Universidade Federal de São Paulo/ UNIFESP

 

Programa de Educação sobre o negro na sociedade brasileira UFF - Universidade Federal Fluminense/UFF

 

NEAB - Núcleo de Pesquisa e Estudos Afro-Brasileiros UFES - Universidade Federal do Espírito Santo/UFES

 

 

NEAB - Núcleo de Estudos Afro-brasileiros UERJ - Universidade do Estado do Rio de Janeiro/UERJ

 

NEAB - Núcleo de Pesquisa e Estudos Afro-Brasileiros CEFET – Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais/CEFET-MG

 

Programa de Ações Afirmativas da UFMG – Universidade Federal de Minas Gerais/UFMG

 

Programa Institucional de Ações Afirmativas UEMG - Universidade do Estado de Minas Gerais/UEMG/UBÁ

 

LICAFRO - Laboratório de Literaturas e Culturas Africanas e da Disporá Negra - Universidade Federal Fluminense - Campus Gragoata/UFF

 

NEAB - Núcleo de Pesquisa e Estudos Afro-Brasileiros NIEHLAFRO - Universidade do Estado de Minas Gerais - Campus Belo Horizonte/UFMG

 

NEAB/IFMG/OP - Núcleo de Pesquisa e Estudos Afro-Brasileiros - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais - Campus Ouro Preto/IFMG

 

NEAB - Núcleo de Pesquisa e Estudos Afro-Brasileiros UFSCAR - Universidade Federal de São Carlos/UFSCar

 

NEABI - Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas Cpar - Instituto Federal do Rio de Janeiro Campus Paracambi/FRJ

 

NUPE - Núcleo negro para pesquisa e extensão da Unesp - GT de Rio Preto - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - Campus São Jose do Rio Preto/UNESP

 

PROAFRO - Programa de Estudos e Debates dos Povos Africanos e Afro-Americanos –  Universidade do Estado do Rio de Janeiro - Campus Maracanã/UERJ

 

NEABI - Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas Campus Itauiutaba - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro - Campus Ituiutaba/IFTM

 

GASPAR - NEABI - Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas – Instituto Federal de Santa Catarina/IFSC

 

NEAB - Núcleo de Estudos Afro-brasileiros UNESC - Universidade do Extremo Sul Catarinense/UNESC

 

NUREGS - Núcleo de Relações Étnico Raciais, de Gênero e Sexualidade UEPG - Universidade Estadual de Ponta Grossa/UEPG

 

Grupo de Estudos Etno-Culturais UNIOESTE - Universidade Estadual do Oeste do Paraná – Unioeste/ UNIOESTE

 

NEAA - Núcleo de Estudos Ameríndios e Africanos - Universidade Estadual do Centro-Oeste – Universidade Estadual do Centro-Oeste/UNICENTRO

 

NEAB - Núcleo de estudos afrobrasileiros UFPR - Universidade Federal do Paraná/UFPR

 

NEAB - Núcleo de Estudos Afro-brasileiros FURB - Universidade Regional de Blumenau/FURB

 

NEABI - Núcleo de Estudos em Cultura Afro-Brasileira e Indígena – Pontifícia Universidade Católica de Rio Grande do Sul/PUCRS

 

NUVIC - Grupo de Estudos sobre Violências  Universidade Federal de Santa Catarina - Universidade Federal de Santa Catarina/UFSC

 

NEAB - Núcleo de Estudos Afro-brasileiros UDESC - Universidade do Estado de Santa Catarina/UDESC

 

NEAB - Núcleo de Estudos Afro-brasileiros UNIPAMPA -  Universidade Federal do Pampa/UNIPAMPA

 

NEIABI Núcleo de Estudos Interdisciplinares Afro-brasileiros - Universidade Estadual de Maringá/UEM

 

NEABI - Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas ULBRA - Universidade Luterana do Brasil/ULBRA

 

ALTERITAS: diferença, arte e educação UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina/UFSC

 

NEABI - Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas UNISINOS -  Universidade do Vale do Rio dos Sinos/UNISINOS

 

NEABI - Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas: Negro e Educação - Universidade do Planato Catarinense/UNIPLAC

 

NEABI - Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas FURG - Universidade Federal do Rio Grande/FURG

 

NEABI – Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas IFRS Porto Alegre - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul/IFRS/ Campus Porto Alegre

 

NEABI - Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas IFRS Campus Sertão - IFRS -  Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul/ IFRS/Campus Sertão

 

NEABI - Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas de BG - IFRS - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul/IFRS/Campus Bento Gonçalves

 

 

NAAIA - Núcleo de Ações Afirmativas do IFRS Campus Alvorada - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul/IFRS/Campus Alvorada

 

NEABI – Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas IFRS Canoas - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul/IFRS/Campus Canoas

 

NEABI – Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas Campus Feliz - Instituto Federal do Rio Grande do Sul/IFRS/Campus Feliz

 

NEABI - Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas Campus Chapecó - Universidade Federal da Fronteira do Sul/UFFS/Campus Chapecó

 

NEAB - Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros UNIVILLE - Universidade da Região de Joinville/UNIVILLE

 

NEAB - Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros  Estácio SC - Universidade Estácio de Sá Santa Catarina

 

NEALA - Núcleo de Estudos Afro Latino Americanos e Caribenhos - Universidade Federal da Integração Latino Americana/UNILA

 

NEABI - Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas UNIPAMPA –  Universidade Federal do Pampa/ UNIPAMPA/Campus Itaqui

 

NEABI - Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas UNIPAMPA - Universidade Federal do Pampa/Campus São Borja/ UNIPAMPA

 

NEABI - Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas UNIPAMPA - Universidade Federal do Pampa/Campus Jaguarão/UNIPAMPA

 

NEABI - Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas UFFS-ERE - Universidade Federal da Fronteira Sul/Campus Erechim/UFFS

 

LEAFRO - Laboratório de Cultura e Estudos Afro-Brasileiros e Africanos - Universidade Estadual de Londrina/Campus Londrina/UEL

 

NEAB - Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros da UEL - Universidade Estadual de Londrina/Campus Londrina/UEL

 

Quilombação Coletivo de Ativistas Anti-Racistas

 

Convergência Negra – Unidade Contra o Racismo

 

CEN BRASIL – Coletivo de Entidades Negras

 

Grupo de Mulheres Negras Dandara no Cerrado- Goiás.

 

MNU- Movimento Negro Unificado

 

IFARADA/UFPI - Núcleo de Pesquisa em Africanidades e Afrodescendência também assina a nota.

Busca Adufpi

Contatos Adufpi

Último Informativo

Informativo Outubro 2014

Adufpi Facebook

Links Úteis