• ÚLTIMAS
728 x 90

Funeral da Saúde, Educação e Previdência públicas em Bom Jesus

  • In Bom Jesus
  • 15:17, Dez 22
  • 13 visualizações

 

Na manhã do dia 13 de dezembro de 2016 estudantes e docentes do Campus Professora Cinobelina Elvas (CPCE/UFPI - Bom Jesus) juntaram-se em cortejo pelas ruas da cidade para um funeral simbólico da Saúde, Educação e Previdência públicas. Essa atividade foi realizada com o objetivo de sensibilizar a comunidade local para as medidas antipopulares tomadas pelo atual presidente da república Michel Temer e sua equipe de governo, em especial a Proposta de Emeda à Constituição de número 55 (PEC 55/2016 no Senado, e que tramitou como PEC 241 na Câmara Federal).

 

A proposta do governo federal aprovada no Senado em 13 de dezembro deste ano apresenta um novo regime fiscal que estabelece um teto para as despesas primárias, congelando durante vinte anos os investimentos nestes setores, mesmo que a população brasileira aumente (requerendo mais recursos) ou que a arrecadação do país aumente (havendo mais recursos disponíveis). Tal proposta eliminará a vinculação de receitas à saúde, educação e seguridade social, comprometendo enormemente o atendimento às reais necessidades da população brasileira, além de afrontar a Constituição Cidadã de 1988.

 

Embalados por uma marcha fúnebre, seguiram os participantes dessa mística teatral, da Praça Miramar à “Praça do Fórum”, dialogando com a população bonjesuense que se mostrou receptiva à inciativa. Muitos se aproximaram buscando mais informações sobre as motivações daquele ato, e por vezes o cortejo foi aplaudido em apoio à luta em defesa dos direitos sociais. Também foram distribuídos durante o cortejo, cartazes e folhetos contendo imagens dos Deputados Federais e Senadores do Piauí que votaram pela aprovação da PEC 55 (oito dos dez Deputados e os dois Senadores), afim de dar visibilidade à decisão dos políticos que, eleitos pelo povo piauiense, os representa junto ao Congresso Nacional, mas votaram pela retirada dos direitos sociais da população.

Além disso, foi distribuído o documento produzido pelo Conselho do CPCE intitulado “Moção Contra a PEC 241/2016 (= PEC 55/2016) e em Defesa da Educação Pública, Inclusiva, Gratuita e de Qualidade”. O ápice do movimento se deu com o velório sobre um caixão identificado com a sigla PEC 55 e acompanhado de três cruzes: a Saúde, a Educação e a Previdência.

 

Este ato público em Bom Jesus fez parte das ações de mobilização do Movimento Estudantil (ME/CPCE) e do Movimento docente do CPCE (ADUFPI/Regional Bom Jesus), que foram intensificadas a partir de junho deste ano quando a PEC foi apresentada pelo Executivo à Câmara Federal. Além disso, o ato integrou uma gigantesca mobilização nacional em unidade com trabalhadores de diversos setores em um dia nacional de luta em defesa das estudantes e dos estudantes, das trabalhadoras e trabalhadores, e em defesa da saúde, da educação e das políticas sociais (e foi chamado #OCUPATUDOBRASIL: ato em todos os Estados). Em Bom Jesus e inúmeras localidades por todo o Brasil, as manifestações deste dia também combateram a PEC 287 (reforma da Previdência) e a Medida Provisória 746 (que impõe a reforma do Ensino Médio), e denunciaram a crise estabelecida entre o Supremo Tribunal Federal e o Senado, envolvendo o presidente do Senado, Renan Calheiros.

 

Ao final do ato, os bonjesuenses foram convidados a permanecerem atentos às próximas ações governamentais, pois o cenário político atual de afronta à sociedade nos convoca a realização de mais ações dessa natureza, a cada vez com maior participação popular.

 

Associação dos Docentes da Universidade Federal do Piauí / Regional Bom Jesus

(ADUFPI/Bom Jesus)

 

Deixe seu comentário