Corujão vai à Inglaterra para difundir ‘arte da capoeira’

Maio 22, 2013, 11:33 a.m.

O mestre de capoeira Herbert Teixeira, mais conhecido como Mestre Corujão, embarca amanhã para a Inglaterra com uma nobre missão: divulgar a cultura brasileira. Nos dias 30 e 31
de maio e 1º de junho ele coordena o evento “Eu Vou Berimbau Me Chamou”, no qual serão oferecidos workshops de capoeira, samba de roda, maculelê e oficina de forró na cidade de Swindon, no interior da Inglaterra. O encontro é promovido pelo movimento Casa do Capoeira, sediado em Teresina e fundado em 2011, com o objetivo de reunir o máximo de praticantes e difundir a expressão cultural que é uma soma de arte marcial, esporte e cultura popular. Na Inglaterra, quem organiza o “Berimbau me Chamou” é o professor Nenem, brasileiro radicado em terras inglesas há cinco anos. O mestre Corujão, que é educador físico e trabalha na Associação dos Docentes da UFPI há 20 anos, diz que está ansioso pela experiência de, mais uma vez, ajudar a divulgar a expressão ímpar que é a capoeira. “Por ficar no interior do país, Swindon tem um povo bem mais frio do que a cosmopolita Londres, e é sempre bom mostrar essa cultura alegre para eles. Por lá, as pessoas são sempre muito receptivas às nossas iniciativas, e se interessam bastante pela cultura brasileira”, disse ele, ressaltando que esta já é a terceira vez que a cidade inglesa recebe o encontro. Além do mestre Corujão, o professor Formigão (aluno do movimento Casa do
Capoeira) também participará da iniciativa, e já viajou no começo da semana. Além de Swindon, o Movimento Casa do Capoeira também costuma promover ações na cidade de Caracas, na Venezuela.

Fonte: Jornal Meio Norte de 22/05/2013

Comente agora

Busca Adufpi

Eleições Adufpi 2018

Sistema Adufpi

Contatos Adufpi

Último Informativo

Ações 2016-2018

Adufpi Facebook

Links Úteis