• ÚLTIMAS
728 x 90

Assembleia de professores (as) decide pela adesão à Greve Geral do dia 13 de agosto de 2019

  • In Geral
  • 13:06, Ago 08
  • 1565 visualizações

        Em Assembleia realizada na terça-feira (06 de agosto de 2019), no Auditório da ADUFPI, os (as) professores (as) decidiram pela adesão à greve geral do dia 13 de agosto de 2019. Na ocasião, foram aprovadas as seguintes ações para a mobilização da categoria docente, frente às graves medidas adotadas pelo governo federal.

*         Realização de panfletagem no pórtico da UFPI, centros de ensino e regionais, no dia 12 de agosto, com a distribuição de material explicativo sobre os principais pontos do cruel ataque aos trabalhadores (as) brasileiros (as), materializado na reforma da previdência, aprovada na câmara dos deputados e o programa FUTURE- SE, que afronta a autonomia universitária e avança rumo à privatização do ensino superior público brasileiro;

 *        Deliberou-se, ainda, pela realização de assembleias nos centros e campi fora de sede, para abrir a discussão acerca do FUTURE-SE e as implicações do programa para a vida acadêmica e a gestão das universidades. Além disso, aprovou-se a criação de um Grupo de Trabalho composto pelos diversos segmentos da UFPI (professores (as), estudantes e servidores(as), com o intuito de produzir uma análise técnica do caráter danoso do projeto FUTURE-SE, já completamente rechaçado pela categoria dos professores (as) mobilizados em Assembleia.

           Por último, chamamos a atenção acerca da gravidade do momento que o país atravessa e da necessidade de refletirmos e adotarmos medidas de enfrentamento aos ataques desferidos contra a educação, em especial às universidades públicas. Assim, contamos com a adesão de toda a comunidade universitária da ufpi à GREVE GERAL DO DIA 13 DE AGOSTO, ao tempo em que chamamos a todos e todas para marcar presença na concentração  pública, às 08:00h do dia 13,  saindo do prédio central do INSS.

     Estamos em luta e não aceitaremos a destruição das nossas universidades e do patrimônio público pertencente aos milhões de trabalhadores(as) brasileiros(as)!

 

A Diretoria

Juntos(as) somos mais ADUFPI!

Deixe seu comentário