Os números gordos do movimento sindical

Junho 28, 2010, 6:33 a.m.


Todos estão assistindo ao espetáculo do crescimento ainda que alguns renitentes insistam em subestimá-lo, criar limites artificiais para ele ou torcerem contra. Torcem contra o Brasil. O movimento sindical faz parte do espetáculo do crescimento. Todas as reivindicações e todas as vitórias dos trabalhadores reforçam – sem exceção – o desenvolvimento econômico.

Os trabalhadores são o maior fator pro-cíclico da economia. Ou, como recentemente falou o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, na OIT em Genebra: “os trabalhadores não são apenas promotores de justiça social mas também instrumentos de correção dos desequilíbrios da globalização”.

O jornal Brasil Econômico(15/06/2010) confirmando isto, estampou em sua capa que os “dissídios vão injetar cerca de R$ 10 bilhões reais no consumo” dando conta que as negociações de reajustes das principais categorias de trabalhadores vão engordar em 30% a massa salarial no segundo semestre deste ano. A renda extra, completa o jornal, vai para o consumo de bens e serviços e não pressiona a inflação porque a produtividade tem se mantido alta, como informam outras matérias analíticas.

Quando lemos o texto geral os números engordam ainda mais (mesmo com o erro de soma da reportagem, que eu corrigi): “considerando os reajustes já efetuados e os que poderão vir, a estimativa é que a partir de dezembro de 2010 sejam injetados cerca de R$ 21,6 bilhões extras- isto sem considerar novas contratações. Se a geração de novos postos de trabalho seguir no mesmo ritmo da média dos últimos 12 meses, devem ser injetados pelo menos mais R$ 12 bilhões na economia ao longo do ano que vem. Seriam R$ 33, 6 bilhões a mais para estimular o consumo e o crescimento”.

Os números gordos traduzem a conjuntura e atestam o protagonismo do movimento sindical que conquista aumentos reais para os trabalhadores.

* João Guilherme Vargas Netto é consultor sindical

Comente agora

Busca Adufpi

Contatos Adufpi

Último Informativo

Informativo Outubro 2014

Adufpi Facebook

Links Úteis