ADUFPI reivindica benefício suplementar

Abril 30, 2010, 1:40 p.m.

 

 

 

Magnífico Reitor da Universidade Federal do Estado do Piauí

 

C/Cópia à Controladoria Geral da União e ao

Diretor de Recursos Humanos da Universidade Federal do Piauí

 

 

 

ASSOCIAÇÃO DE DOCENTES DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ – ADUFPI-S.SIND, inscrita no CNPJ sob o nº 06.710.842.0001-13, situada na Avenida Petrônio Portela, 391, Bairro Ininga, Teresina/PI, CEP 64.049-210, neste ato representada pelo seu presidente, Sr. MÁRIO ÂNGELO DE MENESES SOUSA, vem mui respeitosamente, perante V. Magª, expor e requerer o seguinte:

 

O Governo Federal através de seu órgão competente, o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão - MPOG, via Secretaria de Recursos Humanos - SRH, já estabeleceu marcos regulatórios, relativos ao benefício à saúde complementar do servidor ativo, inativo, seus dependentes e pensionistas. O benefício referido é regido fundamentalmente pela Portaria Normativa SRH nº 3, de 30 de julho de 2009, que estabelece orientações aos órgãos e entidades do SIPEC, Sistema de Pessoal Civil da Administração Federal e outros instrumentos normativos decorrentes, a exemplo da Portaria Conjunta SRH/SOF/MP nº de 29 de dezembro de 2009, que estabelece os valores da parte da União no custeio da assistência à saúde suplementar do servidor e demais beneficiários. Portanto, é incontroversa a existência de previsão financeira no Orçamento Geral da União para essa despesa.

 

A esse respeito, no ano de 2007, o MPOG estabelecera orientações aos órgãos do SIPEC, publicando a Portaria Normativa Nº 1, de 27 de dezembro daquele ano. Desse modo, o Governo Federal reafirma o Sistema Único de Saúde como patrimônio nacional de garantia à saúde da população brasileira, porém estabelece sob esta norma a forma de suplementaridade a servidores e seus dependentes que optaram por convênio de caráter privado.

Considerando o exposto, por ser legal, legítimo e necessário o benefício, a Associação dos Docentes da Universidade Federal do Piauí – ADUFPI vem, por seu representante legalmente constituído, requerer a Vossa Magnificência, na forma da legislação Federal pertinente à matéria, a imediata implantação do benefício à saúde suplementar do servidor e demais beneficiários, pela Universidade Federal do Piauí,  bem como, em havendo prejuízo, pela demora na implantação da assistência ao benefício referido, que sejam adotadas as ações cabíveis objetivando o devido reparo a quem de direito.

 

 

N. termos,

P. deferimento.

 

 

Teresina, 19 de fevereiro de 2010

 

 

 

 

 

Prof. Mário Ângelo de Meneses Sousa

Presidente da ADUFPI

 

 

 

Comente agora

Busca Adufpi

Sistema Adufpi

Contatos Adufpi

Último Informativo

Informativo Adufpi 2017

Adufpi Facebook

Links Úteis